Nota de solidariedade ao professor Edur Velasco da Universidade Autónoma do México.

O GRUPO DE PESQUISA TRABALHO E CAPITAL – GPTC, Grupo de Pesquisa vinculado a UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, por seus membros, veem à público manifestar sua solidariedade aos(as) trabalhadores(as) e docentes da UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DO MÉXICO, na pessoa do docente EDUR VELASCO ARREGUI, que iniciou greve de fome no dia 06 de fevereiro de 2020, visando que as autoridades cumpram as negociações coletivas de trabalho, como forma de respeito aos direitos mínimos desses trabalhadores e trabalhadoras, bem como, pelo cumprimento dos tratados internacionais, com objetivo de garantir a dignidade desses(as) trabalhadores(as).

O GPTC apoia atos de defesa da liberdade, da justiça, da paz no mundo que promovam o progresso social e melhores condições de vida e liberdade dos seres humanos, estando neste contexto, o respeito aos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras como manifestação da Justiça Social.

Ao Ilustre professor, nossos votos de vitória na busca desses objetos tão caros à sociedade e ao Direito do Trabalho.

São Paulo, 10 de fevereiro de 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s